Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Coisas abstratas

A expectativa diante de algo não exclui ou diminui a frustração.
Pensamos que somos muitas coisas, mas somos também aquilo que os outros dizem sobre nós. 

Não conhecemos as pessoas até chegarmos perto o bastante delas. Ver o quão humano e frágeis são.

Um rosto parado na sala olhando para mim e esperando eu devolver o mesmo olhar. Somos nós, e nossa capacidade de complicar tudo. Por quanto tempo estive ali, parado?
Gosto de refletir sob o tempo nublado, e perceber que nem tudo é simples demais para se entender com apenas algumas horas de reflexões.
São coisas abstratas, que mexem com a gente. Deixam-nos inquietos e vulneráveis. Somos amantes do tempo, mas antes de tudo, amantes de nos mesmos. A culpa nunca é de um individuo apenas. 
Somos responsáveis pelos nossos atos, mas nunca, nunca mesmo, agirmos sozinhos. Tem sempre alguém em nossas cabeças, em nossos sentimentos.



Nenhum comentário: