Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

sábado, 1 de junho de 2013

Faça sua gestão? Seja feliz?

Não somos responsáveis pela nossa própria felicidade. É uma ilusão achar que temos o domínio de tudo em nossa vida. Certas coisas não escolhermos; Existem mais variáveis do que coisas fixas. Não existe humano fora de uma sociedade, portanto quem somos dependem sempre de um Outro.
Estou preso numa ditadura, uma gestão de mim mesmo, cujo único objetivo é ser bom, melhor do que ontem, melhor como nunca fui.

Ei, você escolheu nascer onde nasceu?

Não suportamos o ócio, e essa inquietação em nosso coração nos deixa cada vez mais fracos. Só existe trabalho, e é esta a atividade que me define como humano. Racional, impropriamente definido.
Estou preso. Sufocado. Amarrado por uma ideologia capitalista que me limita em possibilidades de ser feliz. Sim, ser feliz! A mesma Coisa que procuro incansavelmente, sem questionar.
Não sou bom o bastante para mim mesmo, e meu fracasso é prova de minha incapacidade, minha culpa. Cadê a dedicação? Sempre podemos mais!
Eu não consigo fazer mais nada. Eu não sou mais nada... Quanta ironia. Sinto-me como pó, fragmento de minerais que depois da morte não será mais nada.

O que eu queria fazer agora? Tantas vezes me deparei com essa pergunta sem obter uma resposta que conseguisse acalmar meu coração. Onde eu queria estar agora? O tempo passa depressa, mas meu tempo não é o mesmo que o seu, mas ele passa para todos.
Deparo com gente que brilha como uma vela. Mas espere... Toda vela vista de perto é muita luz. Mas, quando afastamos... Às vezes não dá conta de iluminar um único cômodo escuro. Olho para mim mesmo e vejo você. Somos arrogantes em nossa inteligência, e o que sempre careceu é sabedoria de lidar consigo mesmo.

Quero paz, um descanso para não pensar em mais nada. Mas quando lembro que tal paz é uma grande utopia me desespero ainda mais. Não sabemos lidar com nossas próprias angustias e discórdias, porque somos bons demais para sofrer.
Faça sua gestão, seja feliz.

Isso não parece certo, mas eu também não sei no que seria errado.


Nenhum comentário: