Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Aquele Beijo


Aquele beijo que te mandei em silêncio,
Que o ar sentiu,
E aquele sorriso lindo, sem contraste algum com aqueles lindos olhos,
Meio envergonhado, meio despreocupado,
Que você retribuiu..
Naquele momento percebi que a minha noite tinha valido a pena.

As vezes os caminhos nos levam a lugares diferentes, com pessoas iguais.
Ou as pessoas nos levam a caminhos diferentes, com lugares iguais.


As luzes da cidade não mudarão. Mas a luz dos meus olhos já mudaram tanto em tão pouco tempo.
Eu me sinto diferente, eu não estou assustado. Eu sei por onde andar, como se o caminho fosse meu amigo, outrora fosse meu obstáculo, como eu pensava.

Alguma coisa dentro de mim está em movimento, como se quisesse cortar a carne e sair para fora, respirar. Como se quisesse emancipar-se.
E eu não posso negar. Também quero.

É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo (Pequeno Príncipe).
Não precisa desenhar um coração, mas não tire o lápis de mim.

Um comentário:

Carlos Filho disse...

Belíssima a passagem do pequeno príncipe; Lembrei de minha infância agora.
Lindo post. Parabéns.