Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Vermelho Como: Dor


Outro anjo que cai do céu.
Não era você que olhava para o céu procurando respostas?
Ela está ao seu lado, mas será que você a está segurando como deveria?
Somente a abrace, deixe-a afundar o rosto no espaço perfeitamente construído para ela, entre seu pescoço e seu ombro, ela só precisa disso, nada de palavras,
Palavras são tão inúteis as vezes.

Por favor meu amor, nunca desista.

Você não caiu, porque anjos tem asas, asas que você usou para abraçar-me e ajudar-me a sobreviver ao inverno, tão frio e duro pelo qual passei.

O problema é que as pessoas nunca sentem a diferença que faz os pesos que as outras tiram delas. Mas elas sentem a ínfima pena a mais que cai em suas costas.

É tão fácil surgir milhões de palavras(inúteis) para machucar, e tão difícil resistir a tentação delas e usar uma para amar.

Não me machuque, por favor, meu amor.


Um comentário:

Carlos Filho disse...

Nossa Campeão, gostei desta saga do vermelho.
Interessante é que me faz ler numa contradição, pois ao mesmo tempo que o vermelho significa sofrimento,dor e morte (sangue), pode também representar o amor e a vida (sangue).
Muito legal, parabéns.