Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Não me aperte, não me deseje: Me deixe sarar

É como se o tempo sanasse as dores.
Os olhos quando estão fechados veem melhor quando estão abertos.

Me cure, me ajude, me liberte, me afague , me abrace, me beije.

O sonho acabou.
 O tempo presente é o mesmo de ontem? Claro que não.
Não existe cicatriz que cure com o auxilio do tempo. A fruta verde sempre amadurece antes do fim da estação.
As pessoas mudam sem perceber, e ...

...as feridas sempre saram.


Um comentário:

Felipe disse...

O tempo cura o sentimento de perda, ou de alívio, depende do lado. Mas o tempo não cura a memória, quer ela venha sobre um objeto, ou uma música.