Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Não me aperte, não me deseje: Me deixe diversificar

Quando amamos demais, só falamos de amor.
Amor no café, no almoço e na janta.

Esquecemos do restante do mundo, de nosso Mundo.
Afastamos dos outros, perdemos consciência,
ganhamos um novo sentido.

Somos sensíveis.

Quando amamos demais ficamos cegos, alienados, e presos.
Qual é o tamanho de sua viseira? 
Não pensamos em mais nada...

Quando amamos demais, só construímos amor.

Nenhum comentário: