Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

sábado, 30 de junho de 2012

Lição das Trevas: Fraternidade


- É verdade. Eu já pensei assim também.
- Então pode me dizer que estou certo, não cabem tantas pessoas assim dentro de nosso coração. Olha que cruel, somos seletivos!
- Eu disse que já pensei como você. Todavia, não disse que concordo.
- Não me confronte mais uma vez. Estou cansado.
- Sinto muito garoto, mas se eu pensar na volatilidade das pessoas, como você mesmo sugeriu, estarei burlando meus ideais que tanto acredito. E nosso maior erro é justamente não acreditar neles, em nossos ideais.
- Você não diria isto se fosse traído tantas vezes por aqueles em que mais confiava.
- As pessoas mudam. Nós mudamos juntos com eles. Em algum momento você também os traiu.

Seguia seus passos sem um rumo definido. Já fora tantas as vezes que ele me chutava que ainda não entendia o real motivo de segui-lo. As trevas gélidas ao nosso redor ainda era a mesma de sempre, e Ele, ignorava minha presença.

- Nossas convivências são como ciclos que sempre se abrem e se fecham - disse ao ver a circunferência da lua sozinha no céu - Pessoas sempre veem, e outras sempre se vão. São nossos irmãos que sempre estão em todos os nossos ciclos. São eles os mais importantes. Você nega isto também?
- Não nego o que vejo, mas duvido em acreditar. E aqueles que não os têm? Estarão fadados á solidão até o fim de seus dias? Tudo o que você generaliza na fala, cai por terra nos fatos. Deixe de acreditar nas pessoas, que elas passarão a desacreditar de ti também.
- Como não ser assim num mundo tão extremista, individualista e sombrio?
- Esqueceu o que é ser fraterno? Não se precisa de sangue, apenas de um coração idealizado.



Lição da Luz: Um Amigo


Amigo. Essa palavra tão comum, incomum, rara e espontânea.
Amigos são assim. Em nossa infância, todos são nossos amigos. Em nossa adolescência, amigo é aquele que me arrumou aquela amiguinha.
E quando somos adultos, amigo é referência à pergunta final de um programa com um milhão como prêmio máximo.
Eu conheço você e sei que você vai pensar "é verdade" sobre o texto acima. Sei que você vai pensar "os meus amigos verdadeiros posso contar com os dedos de uma mão só". Mas este é somente um clichê, não se engane.
O maior erro que todos cometemos é confiar em algumas pessoas. Aquelas que mais parecem seus irmãos são os que mais se mostram seus algozes.
Importante frisar a expressão "irmão". Este sim é seu único amigo verdadeiro de toda a vida. Toda a vida, pois por mais que tenhamos bons amigos, estes serão por um intervalo de tempo, maior ou menor, mas nunca o de sua vida inteira, como um irmão.
Cuide de seus amigos, não os deixe de lado por qualquer coisa; Não os traia pensando em alguma satisfação pessoal, até porque se fizer isso, você será o mal que também quis combater um dia.
Me mostre suas atitudes e direi se sou teu amigo.


domingo, 24 de junho de 2012

Lição das Trevas: O destino de todas as coisas

           - Uma vez você me disse sobre uma humanidade perdida. Que humanidade seria essa?
- A mesma em que nós nos encontramos hoje - disse com raiva nas palavras. Fazia silêncio lá fora - O mundo está perdido em caos, violência e intolerância.
- Sempre quando escuto isto dos homens tenho a sensação de que são Eles que estão perdidos no mundo.
- Você sempre contesta com o que digo.
- Este é o meu dever aqui.
- Me contestar?
- Ser o outro lado.
O frio parecia invadir meu pulmão. Correntes gélidas perfuravam minha carne, me puxando para um vazio desconhecido. A solidão já não era a pior coisa do mundo neste instante. Cortinas escuras escondiam a alvorada. Não havia nuvens, apenas manchas escuras no céu.
- A vida sempre foi algo frágil demais - disse ele inflexivelmente. Olhava com atenção a ferocidade da destruição em nossa volta.
- A vida sempre tende a continuar! Não importa as dificuldades. Ela sempre arruma uma forma de se manifestar. Isto é lindo.
- Menino incompreensível. Nunca percebe, não é mesmo? Sua causa cairá em ruínas quando perceber que tudo se destina em padecer. A vida, no entanto, é apenas uma resistência.
- Como você pode contestar a vida?
- Não contesto, mas vejo gente tentando burlar o fim o tempo todo. Abra seus olhos garoto, o tempo é curto. Faça a diferença.
- Para quê? Se o destino final de todas as coisas é a morte, por que eu deveria fazer a diferença? Sou apenas uma resistência. Vou sentar aqui e esperar meu fim chegar - cuspia as palavras ironicamente.
Ele fechou os olhos com decepção.  Virou-se ao se afastar de mim em passos lentos.
- Ei! Aonde vai?
- Procurar uma humanidade melhor, mais consciente e tolerante.



conseguem me Entender.


São tantas as estrelas no céu e tantos neurônios no meu cérebro.
Eu acho que eles fazem guerra aqui dentro todo dia
Porque minha cabeça dói, e meu coração também.

Eu vejo fotos diante dos meus olhos
Elas passam rapidamente e..
Espere
O que isto está fazendo aqui?
Espere
Antes de ir tome, mais um carinho.


e Nem as Pessoas


As pessoas já não conseguem me acalmar.

Nem uma psicóloga me ajudaria agora.

Nós criamos músicas, textos, sonhos
e neles mudamos coisas, coisas de lugar, coisas sem sentido, mudamos pessoas, mudamos realidades,
Repetimos sensações marcantes, tanto para o bem quanto para o mal - Pesadelos?

Mas a questão é, mudamos coisas? Mudamos o copo d'água da ponta da mesa, antes d'ele cair? Mudamos o sentido das palavras, afim de não ferir quem amamos? Mudamos amigos que não conseguem mais viver devido a erros próprios? Mudamos a lata amassada na rua, ao lado do lixeiro?

Eu não mudo nem meu dedo do lugar quando erro um acorde no violão.

Sempre há algo faltando...

Nem a Música


Procuramos amor, mas
Sabemos o que precisamos procurar?
Ou como.. como vai ser..

Procuro liberdade e procuro segurança
Um significa o outro?

Procuro seguir sempre em frente,
Mas quem consegue andar sem olhar pra trás?

Um homem sábio um dia disse que ninguém cruza nossa vida por acaso.
Se eu não apertar esta frase com todas as forças, então chegarei a conclusão que toda minha vida foi sem sentido.

O som do violão não consegue mais me acalmar.


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Vida


Eu respirei com o nariz pela primeira vez.
Foi quando pensei naquela flor
que me lembrei de minhas tristezas.
Como é mesmo aquela sensação?
Só me lembro daqueles pomares cheios de vida,
que sempre cheiravam pêssegos frescos durante o frio
daquele inverno.

Foram tantos anos de expectativas.
Ela e Eu.
O que foi que aconteceu?
Não, espere.

Não precisa dizer o que minha cabeça tenta esquecer.
As coisas são melhores agora
já que tudo é mais claro e vivo.
Naquela época as coisas eram assim?
E ainda dizem sobre as maravilhas que é viver,
buscando desesperadamente o amor
autêntico.

Foram tantos momentos.
Ela e Eu.
Existe algo melhor?
Nada se compara ao nosso nascimento.


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Parastes o Tempo?

Ou o Tempo se cansou?

Não vejo nada em minha frente,
E o que eu vejo são pedaços escuros.

Quando alguém ama,
Não precisa dizer aos quatro cantos do mundo;
Quando alguém cuida,
Não precisa esbravejar pra ninguém

Aquele que é amado e aquele que é querido precisa perceber,
Porque estes sentimentos não são cabíveis de palavras, somente de atitudes.

Se alguém lhe diz: Você é cruel!
Já parastes a pensar que talvez és mesmo?
Se não fores, então permaneça calado, sua consciência ficará tranquila;


Eu sei o porquê de não enxergar nada em minha frente;
Eu estou de frente ao Sol,
Ele me ofusca tanto que só consigo olhar para trás,
E só vejo minhas sombras.
Isto é inveja. Isto não é viver.

É muito fácil falar, depois que aconteceu.
Mas do mesmo jeito, é fácil aprender, vendo o erro dos outros.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tudo está esquisito, ou eu estou de ponta cabeça?



Procuro um jeito de sair daqui,
Este lugar escuro.
Está quente e tudo ao meu redor desmorona,
Eu estou no centro da Terra.

Eu desci aqui. Não, eu caí.
Eu vi águas límpidas quando acordei. Eu vi o verde da criação, eu vi pássaros que nunca existiram.
Eu senti cheiros e sensações.
E mesmo assim eu não era humano, então não poderia ter sentidos.

Mas agora tudo está escuro, como disse. Está quente, ou o frio está me queimando.
Um a um, os pedaços despencam.
Eu estou dentro do teu coração, e estive preso. Tempo demais.