Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Lição das Trevas: Solidão

- Ei, você, por favor, me ajuda. Não me ignore.
Mas nada adiantava chamar, era outro que sumira naquela neblina fria.
As pessoas pareciam passar por mim sem se importar com as lágrimas que meus olhos pingavam de minuto a minuto. E aquele homem...
... Aquela Sombra maldita ainda está aqui para me fitar. Seu olho azul fixava no meu corpo debilitado que tremia de horror por estar aqui.
Não podia me entregar a sua hipnose.
- Ei moça, Não me ignore também! Ajude-me. Salve-me, leve-me para a Luz! Não me deixe... Aqui... Sozinho.
               A cabeça doía de tanto fazer força para chorar. Os dedos sujos tampavam os olhos deixando tudo escuro mas, sem eles a escuridão parecia muito pior. Não podia ficar calado pois, o silêncio só me fazia lembrar da solidão.
            - Eu não gosto daqui! Quero ir embora! Eu... Detesto estar só!
               Ele chegou perto de mim, levantou meu queixo e limpou a secreção de muco que saia de meu nariz.
           - Criança barulhenta. O que você detesta é você mesmo.

Nenhum comentário: