Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

terça-feira, 31 de maio de 2011

Conto: A Noiva da Morte

Uma noiva e um noivo. Casamento próspero, certo, breve. Nada anormal.
A não ser pelo fato da noiva só estar preocupada consigo mesma. Ela brigava, se apressava, queria um casamento completo, queria chamar a atenção da cidade inteira, só para alimentar o seu ego egoísta e medonho.
Além de tudo isso, ela tomava atitudes que sabia que o magoaria, mas mesmo assim o fazia para provocar brigas periódicas. Fazia isso pois pensava que brigar era o combustível da paixão. Ela tinha aquele defeito: fazer-se de vítima toda vez que causava uma discussão.
O noivo nada perfeito era também, mas em seu interior a voz mais alta era a do seu amor pela noiva. Por isso ele estava ali, firme, mas talvez não tão forte quanto podia estar.
Um dia porém, o noivo achou uma moça melhor, que o queria de verdade e, por isso, o fazia sentir-se bem.
O noivo e a nova noiva marcaram seu casamento, enquanto a ex-noiva vivia amargurada, não perdendo porém seu orgulho.
E chegou o grande dia. A nova noiva estava radiante.
" Estamos aqui reunidos hoje..." - O padre falava, todo aquele ensaio burocrático matrimonial. Como se, para haver laços amorosos, precisassem da benção de um homem.
A união acontecia, os "sim" eram ditos e aquela frase que dá um frio na barriga de todos foi pronunciada.
" Se há alguém que se oponha..." - Nesse momento a ex noiva entrou na igreja.
Vestida para casar, com um buquê em uma das mãos e na outra uma arma. Seu vestido era negro e sua maquiagem mal feita.
" Com licença " - Ela disse. E atirou em quem estava na sua mira.
Serviço feito, virou as costas e ficou parada. Contou três segundos e atirou seu buquê no meio dos corpos. Feito isso, nunca mais foi vista.

________________

Aproveite enquanto você tem algo(uém) que lhe é importante. Pois, se perdê-lo, mesmo após lutas e lutas, aquilo nunca mais será seu.

domingo, 29 de maio de 2011

Estilo Coelhinho

Olha, vem cá.
Ou vocês querem um romântico ou um casca-grossa.
Um honesto ou um poderoso.
Um pai bom ou um amante safado.
Decidam-se! Nenhum homem tem as duas filosofias!
Eu até tento,
Mas eu continuo sem entender vocês,
#Mulheres!!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

The Good die Young

"Os bons morrem antes."
Com tantos ruins por aí, são aqueles que nos fazem bem que tem que ir embora mais cedo?
Um tanto quanto injusto né?
Quem não se emociona vendo o acidente de Ayrton Senna,
Vendo o Renato cantando Tempo Perdido, Vento no Litoral,
John Lennon e Imagine.
Quem não esbraveja pela morte de Martin Luther King, com tantos ladrões no poder?
Eu só sei que o mundo só será melhor,
Quando criarem a música "Os maus morrem antes".

sábado, 14 de maio de 2011

Entre rosas e espinhos...

Alô, tudo bem?
Liguei pra dizer que estou com saudade.
Saudade daqueles tempos de infância, que não voltam mais.
Saudade daquela inocência que perdi.
Liguei pra dizer que estava errado em tentar fazer o tempo passar mais rápido,
Por não ter aproveitado o tempo que você me deu.
Pra pedir desculpas por ter brigado com você tantas vezes,
Murmurado tantas vezes,
Não foi culpa minha.
E agora que eu te vejo com mais sabedoria,
Agora vejo que você sempre esteve certa,
E que as coisas que você quis me ensinar foram para o meu bem.
Liguei pra dizer
Não se esqueça de mim.
Mesmo agora eu cometendo duas vezes mais erros,
Só lembre-se,
Quanto mais erros, mais acertos eu terei
E mais próximo do caminho certo eu estarei.
Liguei pra te avisar que aprendi uma boa lição,
A de não reclamar mais de você.

E o mais importante,
Liguei pra dizer
Obrigado,
Vida.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Antes só...

Ideias são como frutos: Nascem, crescem, amadurecem com o tempo. Porém não apodrecem, só tornam-se mais fortes.
Por isso acredito que seja hora de falar sobre algumas coisas.
Fukushima. Lembram? Ou você só se lembra do que passa na santa televisão todos os dias? Por acaso você deve saber que a situação lá ainda não está sob controle e que a radiação ainda está sendo liberada. Pesquise. Internet não é só Orkut.
Esta semana andei lendo por aí algumas teorias. Uma delas é a que o Facebook é o maior ( e melhor ) banco de dados que a inteligência dos EUA poderiam ter. Levantado por quem? Por cada um de seus usuários, é claro. As vezes eu vejo onde os conspiratórios querem chegar.
Você pode até discordar, me chamar de louco. Pode até pagar seus impostinhos em dia, trabalhar suas 40 horas semanais e passar o domingo vendo Faustão. Mas eu não, eu não gosto disso.
Bin Laden? Mais vivo do que nunca no peito dos 20 caras piores que ele que podem sucedê-lo. Se morreu, acredito que sim. Mas não acredito que os soldados entraram na casa dele, meteram chumbo em meio mundo e daí respeitaram sua religião jogando-o no mar.
Por isso defendo a formação de ideias próprias, e condeno com todas as minhas forças toda alienação que as televisões passam às pessoas.
Eles podem construir muros, grades, montanhas em volta de si mesmo. Podem construir fortalezas inteiras afim de proteger toda sua corrupção.

Mas nada é eterno. Nem mesmo a injustiça.