Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Só Quero Estar Com Você

Faça uma prece para Freud Flintstone;


Quem nunca viu em câmera lenta toda sua vida passando,
Todos os sofrimentos vividos,
As alegrias sentidas amando,
Os dias chuvosos vistos na janela.

Quem nunca deitou a cabeça no travesseiro
Esperando o amor da sua vida,
Esperançosos por melhores dias,
Sonhando em pleno chuveiro.

Quem, me diga quem,
Nunca olhou para as estrelas,
Buscando novos sabores,novos sonhos,novos amores,
Encontrando tudo aquilo num nascer-do-sol.

Quem nunca pensou que tudo tem um fim,
Quem nunca achou que o fim era horrível,
Mas ao ver que o Sol se põe tão radiante quanto quando nasce,
Acreditou que nem tudo na vida são espinhos?

Qual rosto nunca experimentou lágrimas de saudade,
Quando aquela memória invade a mente?

Quem, me diga quem,
Nunca parou para planejar um futuro distante,
Atrás de novos sabores, novos sonhos,novos amores,
E encontrando tudo aquilo numa imagem no espelho?

Quem nunca assoprou um dente-de-leão,
Percebendo como a vida pode ser frágil,
Quem nunca sofreu com seus próprio erros,
E depois aprendeu muito mais do que sofreu com eles?

A vida é uma grande escola, na qual não se pode faltar, não se pode fugir.

Grandes Abraços, Felipe;

Dedicado a:
Fran, te amo

4 comentários:

Hank disse...

Gostei mesmo do poema. Se fosse pesquisar quem já pensou em tudo isso na vida, 100% responderão que sim.

Abraços mano \,,/

Fran disse...

lindo poema,quanta delicadeza e fragilidade nas palavras *-*,você escreve super bem. Amo você muuito.

Leo Costa disse...

trocaram o vocalista

Felipe disse...

eh que belos amigos eu tenho!