Neurônio da Semana

Se temos a possibilidade de tornar as pessoas mais felizes e serenas, devemos fazê-lo sempre. - Hermann Messe

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Caçadores da Noite: O Começo de Tudo

Relacionamentos era uma das coisas que não eram permitidas no B.T.E.. Todos tinham consciência disso, sabendo que a punição era a expulsão do grupo e uma possível lavagem cerebral - para não restar evidências - para quem violasse essa regra.
Em algum lugar próximo à Chapada Diamantina, estava concentrado o maior centro de pesquisas da A.N.S, a Agência Nacional de Segurança, com o objetivo de monitorar todo o nordeste brasileiro. O papel de Júlia era analisar mensagens enviadas pelos aviões de monitoramento e espionagem que estavam espalhados pela área e enviavam relatórios a cada nova descoberta. Mas ela não estava na sua sala. Estava violando uma regra grave da corporação. Marcos também.
O comandante Rosett estava passeando pelo prédio da Inteligência e resolveu dar uma checada. Péssima hora. Ainda bem que Júlia já havia acabado de violar aquela regra que para ela não tinha nexo nenhum.
- Bom dia Senhor Rosett.
- Bom dia cadete. Quem é o encarregado do turno da manhã?
- É a tenente Júlia, senhor.
- E onde está ela?
- Aqui senhor. - Júlia bateu a porta atrás dela e respirou nervosa por não ter demorado mais alguns minutos.
- Tenente. Posso saber porque seu cabelo está num estado deplorável e sua farda amassada? Eu poderia lhe suspender por um bom tempo.
- Senhor Rosett desculpe-me mas eu estava deitada por uma crise forte de enxaqueca, isso só ocorre de tempos em tempos mas quando acontece me sinto muito mal senhor. Peço desculpas novamente não ocorrerá mais.
- Por hoje deixarei em branco tenente.

O alarme tocou. Júlia sentou em sua cadeira logo e constatou que era do BF-198, em ronda pela floresta amazônica, tentando obter contato com o centro.

- Inteligência, inteligência. Podem me ouvir?
- Alto e claro BF-198. Alguma novidade?
- Sim. Temos aqui gravado uma transmissão de rádio de algum lugar por perto, e é um pedido de ajuda.
- Então envie-nos a mensagem soldado. - Disse o comandante. - Júlia, fique aqui e receba a mensagem. Deslocarei dois grupos para a floresta amazônica.

Dito isso, Rosett saiu da sala. O pedido de ajuda começou a ser transmitido.

Nenhum comentário: